Atendimento com
sigilo absoluto

Detetive Melo
(98) 99210.4840

Detetive Márcia
(98) 98786.8385

3389933 x360

Na última semana o mundo voltou seus olhos aos EUA e à NSA (Agência de Segurança Nacional) graças a documentos vazados ao jornal Guardian, que indicavam a espionagem do governo americano sobre celulares e atividade digital de cidadãos comuns.

O responsável pela exposição é Edward Snowden, de 29 anos, ex-assistente técnico da CIA e empregado da Booz Allen Hammilton, consultoria de segurança. Ele trabalhou para a NSA nos últimos quatro anos de forma terceirizada.

“Não tenho intenção de esconder quem sou porque sei que não fiz nada de errado”, disse Snowden ao britânico Guardian. "Não quero a atenção do público, porque eu não quero que a história seja sobre mim. Eu quero que seja sobre o que o governo dos EUA está fazendo", comenta.“Sei que a mídia gosta de personalizar debates políticos e sei que o governo irá me demonizar", diz.

Sua escolha envolveu sacrifícios. Snowden vivia no Havaí com um salário anual de US$ 200 mil, carreira estável e família. Do dia para a noite, abandonou tudo e se mudou para Hong Kong, na Ásia.

Há três semanas na cidade, Snowden disse praticamente não ter sáido do hotel. Ele até faz suas refeições dentro do quarto. Lá, forrou as paredes com travesseiros e sempre coloca um capuz na cabeça e no computador para dificultar que câmeras consigam espioná-lo.

Segundo o Guardian, o único momento em que Snowden se mostrou emocionalmente abalado foi quando, aos prantos, falou de sua família. “A única coisa que temo são os efeitos que isso terá na minha família, quem eu não poderei ajudar mais. Isso me tira o sono”, comentou.

No futuro, Snowden pretende conseguir asilo político na Islândia, campeão de liberdade na internet. "Me sinto convencido de que isso tudo vale a pena. Não tenho arrependimentos".

O passado

Snowden não era um aluno brilhante. Logo, largou a escola para entrar nas Forças Armadas. Ele diz que queria lutar a guerra do Iraque para “ajudar a libertar pessoas”. Após perceber que o conflito não funcionava dessa maneira, teve as duas pernas quebradas em um treinamento e foi dispensado.

Desde então passou a trabalhar para a NSA e para a área de segurança de TI da CIA. Em 2007 se envolveu com a área diplomática EUA-Suíça, na qual, por três anos, teve acesso a uma série de documentos sensíveis.

Um dos motivos para não ter vazado os documentos na época foi a eleição de Barack Obama, que segundo ele, lhe deu esperanças quanto a melhorias. As atuais circunstâncias, porém, mostram que os fatos não mudaram muito.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Redação: Olhar Digital

Nosso Blog

Detetive em Codó-MA

Telefones:

(98) 98240-2880

(98) 98786-8385

(98) 99193-3926

EMAILS:

detetivemarcia@gmail.com

Detetive em Teresina-PI

Telefones:

(98) 98114-7086

(98) 99210-4840

(98) 98511-1596

(98) 98887-7439

EMAILS:

detetivemelo@gmail.com

Inscrição Municipal: 0008854600-8

detetivemelo@gmail.com

© Copyright 2018 - Todos os direitos reservados para Detetive Melo & Detetive Márcia - São Luís-MA