Casos de Sucesso (Escuta Veicular)

Casos de Sucesso (Escuta Veicular)

overnature-com-2.jpgUm dia pela manhã, recebi uma ligação de uma cliente, chamada Dona Mariza, uma senhora de 52 anos, muita aflita. Agendamos um encontro, quando cheguei, verifiquei o sofrimento no semblante daquela senhora, ela disse: ”me ajude, pois estou com problemas emocionais graves, porque meu marido me trai a anos”; eles tinham um sítio no estado do Paraná e segundo ela, o sindicado (que vou chamar de Carlos) havia se envolvido com a esposa do caseiro daquele sítio, depois do flagrante eles se mudaram para outro estado, tentando uma vida nova, mas seu Carlos ainda continuava com comportamentos suspeitos, como: senha em celular e chegando em casa tarde da noite. Eles compraram um sítio em outra cidade, no qual seu Carlos ia todos os dias depois de sair da feira (que eles têm vários pontos de venda de frutas e verduras, no qual dona Mariza, ficava administrando o dia todo na parte do financeiro , enquanto seu Carlos ficava só até às 9h da manhã e se deslocava para seu sítio, no qual havia um caseiro de total confiança da dona Mariza).

Comecei o monitoramento do sindicado por 10 dias e verifiquei que nos primeiros dias toda vez que  saia da feira, ele dava uma parada e ligava para alguém e demorava na ligação, depois seguia para o sítio, um  lugar de difícil acesso, constatei que devido o caseiro ser pessoa que ajudava e ao fato de ser confiável, Dona Mariza pensava que a possibilidade de uma amante ir para o sítio era pouco provável, mas em uma investigação não podemos descartar nada, pois tem informantes que fazem o tal jogo duplo.

No terceiro dia, verifiquei a mesma rotina e mais uma vez o sindicado parou o veículo e fez uma ligação bastante demorada, e nada de se encontrar com alguém, tive uma ideia, chamei minha cliente e falei que tínhamos que colocar uma escuta dentro do veículo (uma Hilux), dona Mariza ficou meio assustada com a ideia, pois ficou com receio de seu Carlos ver ela colocando o equipamento. Minha cliente colocou 4 escutas, a cada dia, tirava e colocava outra, no primeiro dia, falei para ela que tinha colocado na parte do banco do motorista, pedi a ela que mudasse para o banco do passageiro, que é o banco ao lado do motorista, local que a escuta pega com mais nitidez o áudio, no segundo dia, o sindicado continuou com tal procedimento nas ligações, aí o mistério foi revelado, ele dizia: ”você está mais linda do que nunca, eu não vejo a hora de nós fazermos sexo dentro desse veículo, como já fiz antes, olha, o pessoal da feira estão falando que nós temos um caso e eu despistei, dizendo que você era um dragão e não fazia o meu tipo, para despistar”; seu Carlos havia pronunciado todos os detalhes das suas fantasias realizadas com sua amante que se chamava Diva, ao ficar com posse desse áudio, telefonei para minha cliente que de imediato chegou ao local muito ansiosa, para o encontro final, disse a ela que ficasse à vontade para ouvir, eu estava de posse do meu notebook e do meu fone, passei a ela para ouvir a gravação que durou 15 minutos, mais de alto valor, pois revelou o caso do sindicado e sua amante, ao término do áudio, verifiquei que minha cliente estava com os olhos cheios de água, ela me falou: ”detetive essa Diva, eu a conheço, ela faz compra na nossa loja, ela tem um sacolão e no dia que a mãe dela faleceu, ela me pediu para ficar com a filha dela” Dona Mariza me disse que seu Carlos dizia aos filhos que ela estava ficando louca, criando coisas na cabeça, e que era bom ela se internar, dei posse da confissão dona Mariza reuniu os filhos (um homem e uma mulher), o filho mais velho ficou revoltado, colocaram seu Carlos para ouvir junto com eles, seu Carlos ficou sem palavras e disse que ia embora, mas não demonstrou nenhum arrependimento, e até hoje nunca pediu perdão a Dona Mariza, mas foi um trabalho finalizado com sucesso.

Saudações, Detetive Melo, São Luís – Ma.

Todos os personagens envolvidos neste caso possuem nomes fictícios, para assim preservarmos a identidade das pessoas envolvidas.