Casos de Sucesso (Pensão Alimentícia)

Casos de Sucesso (Pensão Alimentícia)

pensao alimenticia

Em um dia de bastante trabalho, recebi uma ligação de uma cliente que vamos chamar de Vanessa (nome fictício). Agendamos um encontro, chegando lá minha cliente me disse que se tratava de uma localização de seu marido, seu José (nome fictício), que havia pedido para ser demitido do emprego, no qual trabalha em um posto de combustível como frentista, tudo para não pagar a pensão para a filha de apenas três anos.

Perguntei a ela se tinha alguma pista do sindicado, e minha cliente disse que tinha mais da amante dele, sabia onde trabalhava e o primeiro nome dela, e segundo ela, seu José estava residindo no mesmo endereço da Dalva (amante), com a informação do nome da empresa, verifiquei que era uma rebocadora de veículos, aí consegui o telefone fixo do local.

Passei-me por cliente, falei com uma recepcionista, chamada Antonia (nome fictício), ela me disse valores e formas de pagamentos, eu disse à funcionária que tinha outra pessoa que já havia me atendido anteriormente e que não sabia o nome, ela disse: ‘’deve ser a outra recepcionista, a Dalva, mas ela só está de plantão amanhã a noite de 19h às 7h da manhã’’ informação essa valiosa. Liguei para minha cliente informando que a campana começaria na saída da Dalva, mas ela me pediu que além do endereço, gostaria da imagem dela, aí não me restou outra solução, fui à noite lá novamente e chegando disse que estava com um irmão precisando rebocar um veículo do interior e que, no dia anterior, havia pedido informação para outra funcionária, a Antonia, mas que tinha ficado uma dúvida, pois meu irmão (fictício) tinha um seguro Bradesco e gostaria de saber se eles aceitavam aí o gerente disse que sim.

Calculamos o valor, e no final cumprimentei a recepcionista (Dalva). No dia seguinte, cheguei às 6:00 da manhã com um auxiliar para um futuro deslocamento móvel, pois ninguém sabia como a sindicada iria se locomover até sua residência, chegando às 7: 15, verificamos que havia chegado a Antonia – outra recepcionista, para a troca de turno, às 7:25 a Dalva saiu meio que apressada e em direção à parada de ônibus.

O auxiliar desceu do veiculo e caminhou em direção ao ponto de ônibus, onde havia muitas pessoas para se deslocarem para o trabalho, a Dalva pegou um ônibus, o auxiliar entrou no mesmo veículo, e mandou uma mensagem dizendo que o alvo estava no seu campo de visão, então fui à distância seguindo o veículo, após 40 minutos, Dalva desceu, o auxiliar manteve distância e viu a casa que Dalva entrou. Ficamos lá por meia hora, fotografamos e filmamos a entrada e saída da sindicada, passamos todo o material para a cliente, que passou o endereço ao seu advogado, e em alguns dias, já estava seu José ligando para minha cliente para realizar um acordo, foi gratificante ter realizado mais um caso de sucesso.

Saudações, Detetive Melo, São Luís – MA.

Todos os personagens envolvidos neste caso possuem nomes fictícios, para assim preservarmos a identidade das pessoas envolvidas.